11/03/2021

Governo de SP adota fase emergencial para conter crescimento de pandemia

O Governo do Estado de São Paulo anunciou, no dia (11/03/2021), que a partir da próxima segunda-feira (15), todos os 645 municípios paulistas entram na fase Emergencial com toque de recolher todos os dias, entre 20h e 5h, até o dia 30 para frear o aumento de novos casos, internações e mortes pelo coronavírus e conter a sobrecarga em hospitais de todo o estado.
 
Novas restrições da fase “Emergencial” (11/03/2020)
 
1. Atividades religiosas, como missas e cultos, não podem mais ocorrer presencialmente, mas igrejas permanecem abertas;
2. Campeonatos esportivos profissionais, como jogos de futebol, ficam suspensos;
3. Lojas de material de construção não poderão abrir;
4. Teletrabalho obrigatório para todas atividades administrativas não essenciais. A imposição vale tanto para órgãos públicos como escritórios particulares e serviços de call center;
5. Comércios e restaurantes não poderão operar com serviço de retirada presencial, apenas delivery (24h) ou drive-thru (das 5h às 20h);
6. Proibição do uso de parques e praias em todo o estado;
7. Toque de recolher das 20h às 5h em todo o estado;
8. Antecipação do recesso escolar na rede estadual; 
 
Novas recomendações:
1. Escalonamento do horário de entrada de funcionários da indústria, comércio e serviços, para evitar aglomerações no transporte público nas cidades da região metropolitana da capital paulista. Os horários indicados são das 5h às 7h para profissionais da indústria, 7h às 9h para os de serviços e 9h às 11h para os do comércio.
2. Uso de máscara em ambientes internos, inclusive entre familiares de residências diferentes;
3. Redução das atividades presenciais nas escolas ao mínimo possível. 
 
Escolas
As escolas da rede estadual só ficarão abertas para merenda de alunos carentes e distribuição de materiais mediante agendamento prévio. Os recessos de abril e outubro serão antecipados para o período entre 15 e 28 de março. A Secretaria da Educação também vai indicar que a medida seja adotada nas escolas municipais e particulares.
 
Lojas, restaurantes e lanchonetes
A restrição completa proíbe retirada presencial de produtos em restaurantes e lanchonetes. Lojas e restaurantes só poderão fazer entregas pelo sistema em que o consumidor recebe o produto dentro de seu veículo (drive thru), entre 5h e 20h, ou por serviços de entrega na residência (delivery) por telefone ou aplicativo de internet. 
 
Mercados
Não haverá nenhuma restrição ao funcionamento de supermercados.
 
FONTE: GOVERNOSP